O meu objectivo ao criar este segundo Blog, foi o de dar a conhecer e relatar vários temas, factos e lendas, no campo mistico e esotérico, que desejo poder partilhar.
Aqui fica o meu pedido à todos os seus visitantes, para que se sintam livres em consultar e fazer parte dele.
Sejam livres... Questionem, critiquem, elogiem... Mas façam deste portal, um caminho pelo qual se sintam vivos ao passar...

O meu Abraço de Luz!

Mentuhenhat

A 4a Dimensão Em...

VISITANTES DESTE PORTAL

VISITE O MEU OUTRO BLOG

VISITE O MEU OUTRO BLOG
Carregue na Imagem para Abrir o Portal

A Estrada da Luz...

A Estrada da Luz...
Seja um viajante desta estrada...

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Aceitação...


Vi-me na obrigação de vir até aqui transmitir um tema que esta semana me tem chegado aos ouvidos e sobre a qual tenho sido testemunha de muitas críticas e dúvidas: A Homossexualidade.
Na antiga Grécia atribuía-se o facto de um ser humano ser homossexual, à deusa Afrodite, pois sendo a deusa do Amor, ela era responsável por todos os actos de desejo... A homossexualidade era então aceite como algo divino e normal... Ficou registado que grande filósofos e pensadores, como o caso de Sócrates, o eram...
E tantos séculos depois, na actualidade, ainda vemos em tal tema algo sobre o qual não é correcto pensar, falar ou agir... Que é algo de pecaminoso, nojento, anti natural, disforme, etc...
A mensagem que vos venho aqui transmitir é a mensagem espírita, sobre a qual me rejo e acredito:
A homossexualidade é algo de natural e normal, no campo espírita... Tal se deve ao simples facto de que durante sua vida passada, aqueles seres, agora masculinos e femininos, foram do sexo oposto e ainda conservam essências dessa vida passada, naquela que vivem nesse momento... Assim sendo, acabam por sentir desejos e paixões por seres do mesmo sexo, ignorando o corpo físico que vestem neste momento...
Como vêem, é algo de tão simples e tão natural... Porque rejeitar?... Porque discriminar?... Porque perseguir ou limitar?...
Vamos concentrar-nos naquilo que é realmente importante para todos nós... No Amor Incondicional que devemos ter uns pelos outros... No agradecimento que devemos fazer todos os dias ao Grande Sol Central, que é nosso Pai/Mãe Divino... Vamos tudo fazer para seguir a Estrada da Luz, que é o caminho em linha recta que nos leva mais depressa a reencontrar a Luz Primordial de onde todos nós vimos...
Vamos lá, meus irmãos... Vamos praticar apenas o Bem, e veremos que seremos muito mais felizes, em cada dia-a-dia físico, esta bem?...
Bem haja para todos vós e que a Luz brilhe mais e mais, dentro do coração de cada um de vocês!... Obrigado!

A todos o meu Abraço de Luz!

*Image from Deviantart by PastelPunk

7 comentários:

Léo disse...

É um assunto complicado.

Eu não vejo problema em ser Homossessual, mais acho que estes devem ser discretos. Em uma sociedade tão condenatória é importante que os mesmos não se façam públicos.

E é importante que estes que escolheram tal caminho, partilhem suas escolhas para com quem partilha o mesmo caminho. Afim de se auto protegerem da ignorância alheia.

É o que eu penso.

Direto do Brasil.
Um abraço.

cova-do-urso disse...

Palavras sensatas, as suas, sobre a questão da homossexualidade. Não encontro razões para preconceitos e estigmas sociais.

Partilho consigo este pensamento:

"O lugar onde Deus te quer posicionar é no exacto cruzamento entre a tua mais alta alegria e a mais desesperada necessidade do mundo."

- André Louro de Almeida

Jeanne disse...

Pessoalmente não julgo ninguém por suas escolhas, porque o mais importante é o caráter, a bondade, os sentimentos elevados.
Em nossos dias, com a evolução da humanidade, devemos cada vez mais, lutar pela igualdade, sem preconceitos que machucam tanto.
Afinal somos todos irmãos...
Beijos

b disse...

Convivi e cresci em família grande, tem de tudo.
Aprendi a olhar as pessoas antes de lhes conceder rótulos.
Hetero, homo, tudo a mesma coisa, porque o mal está no excesso de paixão e não por quem se apaixona.
Este assunto para mim é resolvido há muito.
Aliás, não havia o que resolver.

Catarina Vitória disse...

Ois=)

Infelizmente, a sociedade esquece-se que antes das pessoas serem homossexuais, são pessoas. Como tal, sentem, gritam, choram, riem... Acima de tudo são seres humanos!

Mais uma vez um excelente post que nos faz abrir mais e mais a nossa alma.

Beijinho na sua alma

Shin Tau disse...

Mentuhenhat,

há já lgum tempo que não parava por aqui, mas hoje tive um tempinho e fiquei mais um bocado para deixar as minhas palavras.

Se concordo contigo na questão da discriminação, pois acho que a aceitação é essêncial no caminho de Luz, e porque eu nada tenho a ver com as escolhas pessoais de cada ser, não deixo de ficar de pé atrás com a justificação espírita que nos ofereces.
Eu explico ... se noutra vida fomos de outro sexo, o que aceito como verdade, nesta vida não deveremos viver a experiência de ser do sexo oposto? Se fosse para viver a mesma experiência teriamos o mesmo sexo ou não?

Creio que devemos aceitar a homossexualidade com a mesma naturalidade que aceitamos a heterossexualidade, cada uma existe e não deve haver razão para que assim seja. Explicar que é por terem sido noutra vida assim, é acabar por dizer que afinal aquilo não é natural, mas uma confusão de energias trazidas de vidas passadas. Compreendo o que queres dizer pois tenho alguns amigos homossexuais e eles pura e simplesmente se sentem atraidos pelo mesmo sexo, mas isso para eles é tão natural como nós gostarmos do sexo oposto. Então, estaremos também nós heteros enganados e por termos sido na outra vida do sexo oposto agora gostamos deles. Acho que não é muito lógico, para mim é claro.

Na Grécia era aceite por se aceitar a liberdade pessoal de cada um escolher viver o sexo (tema demasiado tabú há demasiado tempo) da forma que lhe fosse mais prazenteira. O sexo é uma forma de nos ligarmos ao Divino, de reencontrarmos a unidade.

Espero ter-me explicado bem, pois o cansaço pode me ter feito esquecer palavras ou linhas de pensamento, mas aquilo que quis trazer ao assunto é que a homossexualidade é natural e não deve haver uma razão que a justifique, se não há uma razão que justifique a heterossexualidade.

Um abraço e obrigada pela oportunidade da divagação.

Agora para o Léo,

infelizmente são esses pensamentos (e não é sobre os teus, pois sei que queres o melhor), mas são esses pensamentos que muitos homossexuais ainda têm e por isso se escondem, como se o que estivessem a fazer fosse algo de errado. Não há nada de errado em Amar outro ser e em ter o direito de o expressar onde quiser. É o nosso dever de trazer Luz ao Entendimento Humano e dar espaço para que todas as formas de Amor se manifestem.

ISto já vai longo e ainda quero dar uma palavrinha no das cores.

Beijos para todos

(Carlos Soares) disse...

Eu também não julgo, já tive amigos gays e nem por isso deixaram de ser meus amigos, porque eles prórpios respeitaram minha opção hetero. Todos os que conheci, não conheci muitos, sáo educados e gentis. Mas concordo com o Clodovil.Não precisa escandalizar na rua, ficar brincando de ser mulher,pois aí é falta de personalidade.Mulher é mulher,gay é gay.Ainda citou vários gays da história, entre artistas e até guerreiros e nem por isso escandalizaram, foram dicretos.