O meu objectivo ao criar este segundo Blog, foi o de dar a conhecer e relatar vários temas, factos e lendas, no campo mistico e esotérico, que desejo poder partilhar.
Aqui fica o meu pedido à todos os seus visitantes, para que se sintam livres em consultar e fazer parte dele.
Sejam livres... Questionem, critiquem, elogiem... Mas façam deste portal, um caminho pelo qual se sintam vivos ao passar...

O meu Abraço de Luz!

Mentuhenhat

A 4a Dimensão Em...

VISITANTES DESTE PORTAL

VISITE O MEU OUTRO BLOG

VISITE O MEU OUTRO BLOG
Carregue na Imagem para Abrir o Portal

A Estrada da Luz...

A Estrada da Luz...
Seja um viajante desta estrada...

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Um Som Cada Vez Mais Distante...


A dois atrás resolvi ir em busca do silêncio e ao invés de procurar uma floresta sossegada ou uma praia deserta, resolvi colocar-me no centro da movimentada Avenida dos Aliados, no Porto.
Durante três horas, estive a vaguear pelas ruas e pela praça, apenas observando todas as pessoas que passavam por mim e descobri que as pessoas esqueceram-se do que é o som do silêncio…
De forma mais calma ou mais agitada, falavam sobre tudo que ia em suas vidas… Conversas alegres, discussões, factos agradáveis, outros menos que tal, gargalhadas bem audíveis, gritos de brincadeira ou de alerta… Enfim, uma variedade… E isto tudo somado ao som de uma cidade que há muito desconhece a paz e a tranquilidade de séculos atrás…
Um velho Mestre declarou certa vez que Deus deu ao Homem dois ouvidos, dois olhos, dois orifícios nasais, duas mãos, duas pernas… mas apenas uma boca. E mesmo assim, continuamos a usar e a abusar dela… Falamos muitas vezes sem pensar, sem saber, sem ter a certeza… Falamos para discutir, para implicar, para ver “o circo pegar fogo”
Pela Boca Morre o Peixe!”, já a muito que ouço dizer e que “Aquele que fica calado, passa por sábio, enquanto que o palrador depressa é descoberto como sendo tolo!”…
Vamos tentar ouvir mais o som do silêncio, produzindo também nós, esse som maravilhoso. Vamos entrar em comunhão com o mundo ao nosso redor, ouvindo, inalando, sentindo, meditando…
Vamos tentar usar as palavras apenas para criar coisas boas, para mostrar aos outros como gostamos delas, como as amamos…
Vamos poupar nas palavras e esbanjar em boas energias…
Em mais uma Páscoa que vivemos, vamos dedicar o som do nosso silêncio, ao nosso Mestre Maior Jesus de Nazaré, que tanto nos ensinou…

"Obrigado, nosso Mestre Maior! Obrigado por tudo que somos e temos! Namasté!”

Para todos vós, meus amigos e irmãos, o meu Abraço de Luz e uma Boa Páscoa!

*Image from Deviantart by donjuki

8 comentários:

Karochinha disse...

Ah, como é bom estar em silêncio e saber apreciá-lo, aceitá-lo, compreendê-lo e desejá-lo!!!
Adoro estar em absoluto silêncio e fico muitas vezes acordada até bem tare para estar à janela, à noite, em silêncio, apreciando tudo!!!!
Que belo conselho!
Beijocas

Shin Tau disse...

Atrevo-me a acrescentar que muitas vezes as pessoas estão em silêncio, mas não há o silêncio interior, que mais do que calar a boca, devemos serenar a alma.

Um Páscoa feliz e que o verdadeiro ensinamento do mestre seja relembrado!

Um abraço
Shin Tau

b disse...

Penso que a maioria das pessoas se incomodam consigo mesmas.
Daí... o excesso de palavras.
Uma pessoa, sendo boa ou má (de acordo com os padrões), se consegue estar consigo mesma em vez de se esconder atrás do falatório, está perto da difícil arte da auto observação.
Mas, é preciso coragem.
Um abraço.

Salamandra disse...

Estive uns dias ausente mas já cá estou.
Como eu adoro o silêncio, e estou bem com ele, porque me sinto bem comigo, com a minha paz interna.
No silêncio compreendo aquilo que busco e como o poderei fazer para melhorar, no silêncio eu vejo o Mestre e assim sendo nunca estou só.
Que os valores da Páscoa se mantenham para sempre.
Namasté
Salamandra

Pipinha disse...

Querido Mentuhenhat, gostei imenso deste texto!
Eu adoro estar em silêncio e encontrar-me comigo mesma, junto ao mar ou ao rio, passeando, pensando nas coisas boas da vida, observando, sorrindo, respirando as boas energias que a vida pode transmitir-me!
Belos ensinamentos que partilhas connosco... Obrigada!
Espero que tenhas tido uma Feliz Páscoa com muita saúde, paz e alegria.
Beijinhos e abraço amigos.

Maria Emília disse...

E o problema é como se fala muito escuta-se pouco, principalmente escutamos muito pouco a nossa voz interior. Por isso também criei o meu blog com o intuito de levar as pessoas a meditarem e a fazerem uma viagem ao interior do seu eu.
Interesso-me muito por tudo o que trata no seu blog.
Um abraço,
Maria Emília

Léo disse...

Eu não tenho o que acrescenter neste seu texto cara. Não tenho mesmo.

Concordo em gênero, número e grau.

Temos dois olhos, dois ouvidos para vermos e ouvirmos mais e uma boca para falarmos menos.

Somos seres de aprendizado, estamos sempre aprendendo alguma coisa. Ainda que haja pessoas mais sábias que as outras, não estão no nível de ensinar o que não conhecem.

Temos de aprender com o nosso silêncio.

Caillean disse...

Ahh o som que nos leva até nosso eu mais divino...o som do silencio tao apreciado e beneficiando a muitos e esquecidos por tantos!!!

Gostei deste cantinho, ele traz uma paz celestial, e, mais ainda pela compreensao de que estamos na quarta dimensao. Acho que voce é um Irmaozinho das Estrelas... :)

LUZ do Grande Sol Central e desde os tempos de Atlantida.

)0(