O meu objectivo ao criar este segundo Blog, foi o de dar a conhecer e relatar vários temas, factos e lendas, no campo mistico e esotérico, que desejo poder partilhar.
Aqui fica o meu pedido à todos os seus visitantes, para que se sintam livres em consultar e fazer parte dele.
Sejam livres... Questionem, critiquem, elogiem... Mas façam deste portal, um caminho pelo qual se sintam vivos ao passar...

O meu Abraço de Luz!

Mentuhenhat

A 4a Dimensão Em...

VISITANTES DESTE PORTAL

VISITE O MEU OUTRO BLOG

VISITE O MEU OUTRO BLOG
Carregue na Imagem para Abrir o Portal

A Estrada da Luz...

A Estrada da Luz...
Seja um viajante desta estrada...

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Por Detrás da Noite...


"Eu tenho medo do escuro!"...

Foi esta a frase que surgiu durante o dialogo que estava a ter, com aquele que considero como um amigo especial (nos seus ainda tenros 13 anos de idade), há seis dias atrás...
Embora ainda novo, este amigo já desperta um sentido de curiosidade pelo mundo espiritual... está nos seus primeiros passos... e por isso, por vezes conversamos um pouco sobre esses temas, em que no último diálogo, revelou ter medo do escuro, pois ouve, aqui e ali, histórias arrepiantes, de que durante a noite surgem fantasmas, que no escuro pode surgir de tudo, que os seres do outro mudo são assustadores...
Um Mestre de Reiki, José Teixeira, diz no seu livro, "Aprenda a Viver Sem Medo", que "cada um de nós apenas tem aquilo que quer e merece"...
Podem parecer palavras cruéis, mas... é verdade, meus irmãos!...
E vou dizer a vocês, aquilo que disse a este amigo: É verdade que existem irmãos nossos desencarnados que podem aparecer e fazer brincadeiras de mau gosto a todos nós... mas, apenas se lhes dermos espaço de manobra para tal! Se vocês dizem em cada dia a dia: "Eu acredito que eles existem e ainda me vai aparecer um!", é claro que vocês estão a alimenta-lo com energia através de pensamentos e palavras para que um dia ele apareça mesmo!... Não diz o ditado que: "Querer é Poder!"? Então...
Quando pesquisamos na internet, ou em livros e DVDs, vemos casos filmados, fotografados e relatados, de aparições e outras coisas... Claro! Então não se esforçaram tanto aquelas pessoas por fazer aparecer esses irmãos desencarnados? Então depois eles aparecem, né? Não podia ser de outra forma...
Por isso, vamos viver sem medos e receios... Vamos ter pensamentos felizes e de Amor e Luz... Vamos falar com nossos irmãos que já atingiram o seu estado Puro e pedir com muita Fé a eles, para ajudarem estes irmãos que estão aqui perdidos e desesperados... Que precisam de encontrar a Luz e sentir o Amor... Porque devemos ajudar os nossos irmãos, tanto deste plano como do outro, porque somos irmãos aqui e lá...

"Amado Pai, amados irmãos que já encontraram a Luz, ajudem todos estes nossos irmãos que ainda se encontram aqui presos... Ajudem-nos a encontrar o caminho da evolução... Meus irmãos, eu vós amo e aqui têm o meu Abraço de Luz... Muita Paz, Amor e Luz para todos vós! Namasté!"

Depois rezamos um Pai Nosso por eles, e ficamos de coração e consciência tranquilos...

A todos vós, deste Plano da Matéria e do Outro, o meu Abraço de Luz!

*Image from Deviantart by sil-enigma

8 comentários:

Salamandra disse...

quando era pequenita tambem tinha medo do escuro....aliás dormia de cabeça tapada até entender que não adiantava nada eu via tudo na mesma!
quem me dera que tivesse havido alguem a dizer-me o que voçê disse ao seu amiguinho!!
Hoje tenho essa compreensão e tambem tento passar que não vale a pena ter medo mas tentar encaminhar.
Obrigada por seu caminho de luz, são com jestos e conselhos como esse que se vai construindo um caminho mais evolutivo.Bem haja
Um abraço de alma colorido
salamandra

Su disse...

Sabes...nunca tive medo do escuro...em criança e numa grande parte da minha adolescência com a chegada do escuro do quarto... ouvia com muita frequência um tilintar harmonioso de cristais baloiçando ao vento. Evidentemente que nessa altura não tinha cristais no quarto...nessa altura sentia que havia alguém a cuidar de mim ( ainda hoje o sinto ).
Depois quando fui estudar para fora tive a minha primeira má experiência no escuro, chamar-lhe má talvez seja errado, direi mais - assustadora, na medida em que desconhecia com o que estava a lidar. Nesse período, confesso que senti medo...mas depois de aceitar o que se passava e de me "rodear de luz" dei a "devida importância" e deixou de me perturbar.
Como dizes e muito bem, temos que ser capazes de exorcitar os nossos medos e fantasmas...tentado agir em verdade e com amor incondicional.
Namasté!
Jinhos***

Karochinha disse...

Mentuhenhat, que belo tema. Também eu já tive dois "encontros" especiais no escuro, em nenhum dos dois tive medo e pedi, educadamente que me deixassem, sem sentir desespero! Quando em criança, nunca tive medo do escuro e até gostava, por mais estranho que parecesse, podia imaginar tudo e mais alguma coisa à minha volta, tudo ganhava formas e em estado acordado, aquilo pareciam sonhos! Costumo dizer que não tenho medo de nada, apenas de mim, talvez porque ainda me estou a descobrir.

Bem Haja

Beijocas

Léo disse...

Não vou ser hipócrita... Meu maior medo é não conseguir acalmar meu coração. Eu não consigo controlar ele. Sou um refém de meu coração selvagem e indomado. Tenho por vezes tentado controlar ele, mais até agora em vão. Ele é selvagem e irrefreável. O AMOR me consome de tal maneira que acaba comigo.

Direto do Brasil e desabafando.
Um abraço.

Multiolhares disse...

Costumo dizer que não é por não ver que não existe,
E sinto que ainda que em planos diferentes nos podemos tocar,
existem muitas almas perdidas que ainda pensão que se encontram neste plano físico, não entendem que morreram e fazem diariamente tudo o que faziam quando estavam vivos, eles precisam tanto de ajuda de luz para encontrarem o caminho da luz.
beijo

Pipinha disse...

Querido Mentuhenhat, eu não tenho medo do escuro, mas o meu filho tem e dorme sempre com uma luz ligada, quando ele adormece apago-a, mas ele levanta-se a meio da noite e acende-a. Sempre me interroguei porque ele precisa disso. Mas depois de ler este teu texto fiquei mais esclarecida.
Obrigada!
Boa semana com muita Luz, Paz e Alegria.
Beijinhos

Shin Tau disse...

Pois também sempre achei que cada um tem o que pede e o que merece, por muito duro que isso pareça. Sempre tive e tenho ainda algum medo dessas "coisas", que não acontecem apenas no escuro :)
Pois como o Léo tenho um coração indomável rkrkrkrrk que palpita ao menor sinal de algo fora do normal e receio que saia do meu corpo a correr.
Mas bom, esta brincadeira é a minha forma de lidar com isso, que eu afasto de mim e não desejo que venha à minha vida, mas às vezes de tanto dizermos que não, acabamos por atrair isso também. A cada um a sua cruz!
Em criança tinha um habito engraçado, acendia velas brancas por todas as almas do purgatório, mas hoje não acredito nisso, contudo, há sempre uma vela a arder em minha casa para encaminhar as energias que por lá passem, não preciamos de os ver para saber que andam por cá, por isso faço a minha parte, dou-lhes luz!

Um abarço e obrigada por me recordar este momento da minha infância, onde tinha menos medos :)

*Lisa_B* disse...

Irmão,
eu nunca tive medo do escuro nem de coisa alguma. Hoje tenho medo que o meu filho se suicide...é o meu quase único medo mas só o posso proteger e amar esperando que Deus e os anjos com que ele fala o ajudem e têm feito muito por ele, acompanham-no dão-lhe força, agora há um que ele vê quase numa transparência esse é que me está a "perturbar" pois ainda não sei muito de tudo isto e como é possível ele vir cá para casa comer deitar-se na minha cama ou num quarto vazio e fazer-nos companhia? Terei de me informar junto de alguém que saiba mais que eu.
Penso que a sociedade não está preparada para estas crianças do Novo Mundo os cristais mas...se estivessem eles não seriam cá necessários.
Abraço cheio de luz ...